HILAL SAMI HILAL



REGISTRO DA OBRA 007GHM1978


Título: “Oh! Minha vida passada que a luz levou”
Técnica: Grafite sobre papel
Medidas da obra: 14,6 x 12,5 cm

Exposição coletiva de esculturas e desenhos com Vilar realizada no período de 15 a 25/09/1978 na Galeria Homero Massena com público total de 954 visitantes.

Sobre o artista – HilalSami Hilal

Hilal Sami Hilal (Vitória, ES, 24/7/1952).

Artista multimídia e professor. O interesse pela arte surgiu no próprio ambiente familiar, considerando que a mãe dividia a atividade de pintora com o cuidado da família. Cursou artes plásticas na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Em Minas Gerais, nos Festivais de Inverno de Ouro Preto de 1973 e 1974, estudou gravura em metal. Em 1977, um ano depois de se formar, começou a dar aulas na universidade e a pesquisar o papel artesanal. Em 1981, esteve no Festival de Inverno de Diamantina, em Minas Gerais, para estudar as artes da fibra, e viajou ao Japão para aprender mais sobre papel. Em 1984, participou do 15º Panorama de Arte Atual Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), e da mostra Papéis do Papel, na Fundação Nacional de Arte - Funarte, no Rio de Janeiro. Dois anos depois, realizou sua primeira individual na Galeria Usina, em Vitória. Em 1996, deixou de dar aulas para dedicar-se apenas à sua produção artística e participou da Mostra Brasil: Papel Feito à Mão, no Equador. No ano seguinte, expôs no 25º Panorama da Arte Atual Brasileira, no MAM/SP, e em coletivas na Índia e no Líbano. O trabalho tomou forma de um rendilhado e ele o mostra na Alemanha, nos Estados Unidos, na Espanha e na França. Em 2002, recebeu o prêmio do júri na 8ª Bienal Paper Art, Turbulenzen in Papier, em Düren, Alemanha. Em 2007, realizou no Museu Vale, em Vitória, uma grande individual que depois foi apresentada no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ e no Sesc Pompeia. Também em 2007, participou da coletiva Radical Lace & Subversive Knitting, no Museum of Arts and Crafts, de Nova York.


Para saber mais
Itaú Cultural

SEFAZ Governo do ES

Postagens mais visitadas deste blog

JONIR FIGUEIREDO - 1986

M. A. MOREIRA - 1986